AEROMÉXICO, ASA E BOEING ANUNCIAM O PRIMEIRO VOO TRANSCONTINENTAL COM BIOCOMBUSTÍVEL DA HISTÓRIA DA AVIAÇÃO MUNDIAL

  • O voo será realizado por uma aeronave Boeing 777-200ER equipada com motores General Electric, que produzem 12% menos dióxido de carbono por assento que o seu concorrente mais próximo.
  • O biocombustível foi oferecido pela Boeing e fornecido pela Aeropuertos y Servicios Auxiliares (ASA).
  • O biocombustível é composto de uma mistura da planta oleaginosa Jatropha Curcas.
  • Este combustível de baixo carbono cumpre com todos os requerimentos da Sociedade Americana de Testes de Materiais (ASTM), do Departamento de Aeronavegabilidade da Aviação Civil da Espanha e das autoridades mexicanas.

México, DF, 1o de agosto de 2011.- A Aeroméxico, a Boeing e o Governo do México orgulham-se de participar de um feito histórico para a aviação mundial, ao anunciar a realização do primeiro voo transcontinental em um avião widebody impulsionado por motores General Electric movidos a biocombustível.

A Secretaria de Comunicação e Transportes (SCT), por meio da Aeropuertos y Servicios Auxiliares (ASA), em conjunto com a Aeroméxico e a fabricante de aeronaves Boeing, realizarão hoje este feito sem precedentes, ao cobrir a rota México - Madrid, com mais de 250 passageiros a bordo.

O voo será feito com uma mistura de 70% de combustível tradicional e 30% de biocombustível, que será fornecida pela ASA. O biocombustível é composto de uma mistura de querosene derivado do petróleo, bem como de hidrocarbonetos obtidos da planta oleaginosa Jatropha Curcas, cultivada em várias regiões do mundo, incluindo o México.

A Aeroméxico, como membro da aliança SkyTeam e do Grupo de Usuários de Combustíveis Sustentáveis para a Aviação (SAFUG), demonstra com este voo seu compromisso de promover o desenvolvimento de combustíveis alternativos de aviação de baixo carbono ao longo do seu ciclo de vida.

É importante destacar que apesar deste ainda não ser um combustível financeiramente viável por conta do seu alto custo de produção, a partir deste voo e em conjunto com a ASA, a Aeroméxico implementará um programa de voos comerciais com biocombustível a destinos como San José, Costa Rica, ao longo de um ano, com equipamentos Boeing 737-700 propulsionados por motores CFM56-7B22.

A Boeing Commercial Airplane sinalizou em várias ocasiões que o desenvolvimento de biocombustíveis sustentáveis no longo prazo é uma das áreas prioritárias para a empresa, e há tempos colabora estreitamente com outros atores do setor, instituições acadêmicas, governos e organizações ambientais para acelerar a disponibilidade de combustíveis sustentáveis e com baixas emissões de carbono.

Em outubro de 2009, a Boeing e a ASA assinaram uma carta-acordo para realizar uma série de estudos e formalizar esta colaboração mediante um compromisso de trabalho por meio da Mesa Redonda sobre Biocombustíveis Sustentáveis, uma iniciativa multissetorial global.

Além disso, diversas autoridades internacionais, como a Sociedade Americana de Testes de Materiais (ASTM) e o Departamento de Aeronavegabilidade da Aviação Civil espanhola, informaram em várias ocasiões que este combustível de baixo carbono cumpre integralmente todos os requerimentos atuais de segurança.

Com este primeiro voo comercial transcontinental movido a biocombustível, o governo do México, a Boeing e a Aeroméxico, líderes mundiais no desenvolvimento de biocombustíveis de aviação, reafirmam seu compromisso de unir-se a projetos para a preservação do meio ambiente e o combate aos efeitos das mudanças climáticas.

Sobre o Grupo Aeroméxico
O Grupo Aeroméxico, S.A.B. de C.V., é uma sociedade controladora, cujas subsidiárias dedicam-se à aviação comercial no México e à promoção de programas de fidelidade de passageiros. Ele conta com uma frota de aviões Boeing 777, 767, 737 e Embraer 145 e 190 de última geração. O principal centro de operações (hub) do Grupo Aeroméxico está localizado no Terminal 2 do Aeroporto Internacional da Cidade do México. A empresa opera mais de 550 voos diários a distintas cidades do México, Estados Unidos, Canadá, América do Sul e Central, bem como para Europa e Ásia.

A Aeroméxico é membro fundador da aliança global SkyTeam, que inclui quatorze empresas aéreas: Aeroflot, Air Europa, Air France, Alitalia, China Eastern, China Southern, CSA Czech Airlines, Delta Air Lines, KLM Royal Dutch Airlines, Kenya Airways, Korean Air, TAROM Romanian Air Transport e Vietnam Airlines. A SkyTeam oferece aos passageiros de cada uma das companhias aéreas parceiras uma extensa rede global com mais destinos, mais frequências e mais conectividade. Os passageiros podem acumular e resgatar milhas com os diferentes programas de fidelidade das empresas parceiras e têm acesso a 465 salas VIP em todo o mundo. A SkyTeam oferece aos seus 474 milhões de passageiros anuais mais de 14.000 voos diários a 921 destinos em 168 países. www.skyteam.com

Sobre a Boeing
A Boeing Company fabrica alguns dos aviões mais avançados do mundo do ponto de vista ambiental e contribui diretamente para fazer da aviação comercial um dos meios de transporte mais eficientes no consumo de combustível. A Boeing colabora de forma estreita com o setor, o mundo acadêmico e os governos para reduzir a pegada ambiental do setor, por meio de soluções tecnológicas que incluem a modernização do sistema de controle de trânsito aéreo e a comercialização de biocombustíveis de aviação sustentáveis com baixas emissões de carbono. Para mais informações, acesse http://www.newairplane.com

 

Corporativo Aeroméxico:Responsabilidade Social Responsabilidade Social

Outros serviços